L. Ron Hubbard
Rumo às Estrelas

1ª. ed. / 2005 | 296 pp.
14 x 21 cm | Capa: Flexível Luxo
ISBN: 85-99239-01-5
Código ERDL: H891U

R$ 29,90

Rumo às Estrelas se passa em um futuro incerto e dilacerado por conflitos, quando as primeiras naves estelares iniciaram suas viagens pela galáxia – mas não sem cobrar um alto e tenebroso preço de suas tripulações.

O espaço é profundo, o Homem é pequeno e o Tempo é seu inimigo implacável

– a provocadora frase de abertura desta novela, apreende por completo as dificuldades que os homens e as mulheres dessas naves têm de enfrentar – pessoas que, pelo desafio do desconhecido ou por inexpugnável obrigação, têm de renunciar à vida da maneira como eles conhecem para explorar o espaço.

Enquanto sociedades e gerações inteiras aparecem e desaparecem na Terra, os que estão a bordo permanecem quase que intocados pela passagem do tempo, numa nave que viaja próxima à velocidade da luz.

Esta aventura dramática, instigadora e fascinante começa quando Alan Corday, um jovem engenheiro ingênuo e brilhante, é nocauteado no espaçoporto da Nova Chicago e arrastado para a nave Cão dos Céus… rumo às estrelas.

Comandado por um líder arredio e misterioso, o Capitão Jocelyn, o Cão cruza o espaço num esforço para manter a linha vital de comunicação entre a Terra e as primeiras colônias em outros sistemas estelares. No período de algumas travessias, as condições da Terra aos poucos pioram e se tornam mais perigosas, enquanto os tripulantes da nave são cada vez mais tratados como párias e uma ameaça aos poderes que dominam o planeta.

Contra sua vontade, Corday é impiedosamente forçado por Jocelyn a usar sua destreza e seu intelecto a serviço da nave e das colônias espaciais sitiadas. No desdobramento dos eventos entre os turbulentos confins da galáxia, e durante seus perigosos retornos à Terra, Corday descobre uma assustadora verdade sobre seu destino, uma realidade que dará um novo significado ao lugar do homem nas estrelas.

L. Ron Hubbard

Nascido em 1911, o escritor norte-americano L. Ron Hubbard, possui um verdadeiro “legado da escrita”. Escreveu aproximadamente 60 milhões de palavras ao longo de sua jornada como escritor profissional, que ultrapassa 50 anos de atividade ininterrupta.

Seus textos apresentam os mais variados gêneros e estilos: são contos, novelas, peças de teatro e romances; histórias de aventura, ação, suspense, terror e, principalmente, ficção científica, estilo com o qual o autor alcançou o topo das listas de best-sellers nos Estados Unidos durante anos e, recentemente, muitos deles voltaram a figurar na lista do jornal New York Times e das livrarias online Barnes & Noble e Amazon.com.

Sua literatura encanta as novas gerações com o mesmo fascínio com que prendeu a atenção dos leitores das gerações de 30, 40 e 50 anos atrás, quando escreveu a maioria de seus livros. Compará-lo a outros prestigiados nomes da ficção científica, como Isaac Asimov, Arthur C. Clarke e Ray Bradbury, nada mais significa do que colocá-lo na classe à qual ele pertence de direito.
Assim como vários outros autores de ficção científica, a magia dos livros de L. Ron Hubbard está na fluidez do texto e no sólido embasamento científico, características que advêm tanto de sua vocação natural para a compreensão da alma humana, como por meio das inúmeras experiências e contatos que teve com as mais variadas civilizações.

Entre seus best-sellers que ditaram a moda na ficção estão Fear (próximo lançamento da Nova Realidade Editora), Final Blackout, Ole Doc Methuselah, Campo de Batalha: Terra e a série Missão Terra, que juntos dominaram as listas de best-sellers americanos por 153 semanas.
L. Ron Hubbard faleceu em janeiro de 1986.

"Os leitores, não só os de ficção científica moderna, ficarão admirados com a habilidade de Hubbard em colocar um épico numa quantidade relativamente pequena de páginas.
To the stars é merecidamente parte do que ficou conhecido como a Era de Ouro da Ficção Científica."

Publisher Weekly
Sobre To the stars (Rumo às estrelas)

"Julio Verne e George Orwell se encontram."

Do tradutor
Sobre To the stars (Rumo às estrelas)

Voltar ao diário